Criar sites e aumentar sua produtividade: 5 dicas para quem está começando

Criar um site pode até ser simples. Difícil mesmo é passar a comunicação pretendida, fazer a navegação ser algo fácil e intuitiva para alcançar os resultados pretendidos. Neste post vou elencar 5 dicas para quem está começando a criar sites e ainda não conseguiu atender prazos, evitar retrabalhos e dores de cabeça com clientes insatisfeitos.

Dica #1: Antes de começar a criar sites, você e seu cliente precisam fazer o briefing juntos!

Por muito tempo caí no erro de mandar um formulário para o cliente preencher e ficar aguardando a devolutiva. Por muitas vezes vinha tardia, com respostas vagas e gerava um retrabalho imensurável. O Briefing é a ideia macro de um negócio colocada no papel. Não dá para criar sites que gerem resultados sem ele. Seu briefing precisa ter as perguntas certas e colocar o cliente para pensar. Aqui vão algumas perguntas que sempre usamos:

  • Qual seu público-alvo principal?
  • Que problema o seu produto / serviço resolve?
  • Que tipo de comunicação deseja passar para os visitantes do seu site?
  • Por que você quer refazer seu site, qual o principal problema do seu site anterior ? (Se for o caso)
  • Como seu cliente gosta de ser atendido?

A partir destas perguntas, já é possível colocar em mente um mockup do site e esboçar o que você irá incorporar de ferramentas e de elementos de design.

Dica #2: (Você pode não concordar com esta dica) Não peça sites para referência, faça o contrário.

Já recebi muito pedido de orçamento com links de sites para referência, mas percebi que solicitar isto era um erro da minha parte. Quem trabalha com criação de sites tem o dever de separar os sites bons dos ruins e fazer o devido benchmarking. Com o briefing em mãos, é hora de procurar a melhor solução para o seu cliente e não esperar que ele diga qual é. Porque nem sempre é! Na maioria das vezes, as referências passadas pelos clientes são bem ruins. Eles não tem noção de design, tendem encher o topo da página com todas as informações de contato possíveis, agigantar o logo e gostam de slides rotativos que nada contribuem para comunicação e conversão do site.

Sua missão é melhorar a web para todos navegarem, não apenas o seu cliente!

Enquanto designer, procure as melhores referências e dê um show ao justificar para o seu cliente o uso de um benchmarking de um site diferente. E olhe para os grandes: Spotify para justificar um fonte mais espessa. Airbnb para justificar um logo mais minimalista. The new York Times para justificar um menu oculto. Mostre-se dominador do assunto, assim seu cliente estará seguro e pouco irá interferir no seu trabalho.

Benchmarking Criar Sites Spotify     Benchmarking Criar Sites AirBnb  Benchmarking Criar Sites New York Times

Dica #3: Não use seu celular para receber arquivos

Quando eu consegui “evangelizar” meus clientes a não fazer isso, minha produtividade duplicou. Com uma ferramenta simples e gratuita que pode ser usada em todos os dispositivos. É o glorioso Google Drive. Crie uma pasta, compartilhe com seu cliente e pronto! O cliente tende a mandar todos os tipos de fotos e não mede quantidade, com o google drive você vai poder pinçar as melhores e usá-las conforme fazem sentido.

Dica #4: Contrate uma hospedagem que já te dê tudo o que precisa  (Joomla, WordPress, Magento, etc)

Por um tempo, quando eu usava Joomla na Locaweb, eu perdia muito tempo, muito tempo mesmo com upload de arquivos via ftp, criando banco de dados e fazendo conexão. Até que o mercado de criação de sites me mostrou que tudo pode ser automatizado e que quanto mais rápido você entregar algo bem feito, mais sites eu conseguiria fazer num mês. Foi a partir daí que montei meu próprio servidor dedicado, com todos os recursos que eu precisava para criar um site. Hoje, basta eu clicar num botão e está tudo instalado. É o cPanel com o plugin Softaculous, que traz centenas de scripts de instalação com um clique. Você pode contratar a nossa hospedagem ou revenda de hospedagem de sites, a ativação é imediatamente após a confirmação do seu primeiro pagamento.

Dica #5: É melhor criar sites usando um CMS com construtor de conteúdo

Com a estratégia pronta, mockup esboçado e arquivos na mão, chegou a hora de construir. Construtores de conteúdo são uma mão na roda. Aqui uso WordPress e meu template já vem com um content builder incorporado. Simples de mexer, seus elementos são manipuláveis via drag ‘n drop. Existem soluções gratuitas como o Elementor para WordPress, que já vem com ótimos recursos de desenvolvimento sem precisar escrever linhas de código. Também não deixe para fazer o SEO depois. Faça enquanto constrói o conteúdo. Neste artigo eu dou dicas de como otimizar seu site com algumas boas práticas de SEO, dê uma conferida.

Dica X: Como posso te ajudar diretamente?

Agora preciso vender meu peixe! Tenho um programa de tutoria para desenvolvedores juvenis ou para quem está na empreitada de criar seu próprio site sozinho e precisa de umas dicas de design thinking, estratégias e tecnologias. É baratinho, me divirto muito e aprendo todos os dias. Quer participar? Preencha aqui com seu contato para receber em detalhes como isso funciona =)

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta